Iniciação à Ciência

quarta-feira, 2 de abril de 2008



Como fazer o projeto de pesquisa (continuação e conclusão)



A segunda prova está marcada para o dia 29 de abril.

A partir da próxima aula nos dedicaremos exclusivamente à matéria da prova. Hoje fecharemos a questão do trabalho em grupo: escolha e delimitação do tema. Determinar as principais questões a serem abordadas.

Hoje é (era) para entregar uma folha com cabeçalho, tema e componentes do grupo; no verso, as principais questões que o grupo pretende abordar.

Lembrando que os temas a serem escolhidos devem ser assuntos relacionados a:

A diferença entre um trabalho de ensino médio e um trabalho de conclusão de curso é rapidamente percebida: vemos, primeiramente, no título: “Revolução Francesa”, “Independência dos EUA”, “Bomba Atômica”, etc. O título, como visto, é muito curto, o que implica uma área de abrangência maior.

Já no nosso trabalho, devemos fazer, antes de mais nada, uma DELIMITAÇÃO. A pesquisa tem uma característica MONOGRÁFICA. Monografia: escrever sobre um único assunto, no sentido de ser algo bem específico. Nenhum dos três temas propostos é específico. O tema violência, por exemplo, teria de ser delimitado, no mínimo, em “violência doméstica contra a mulher”, ou então “violação dos direitos da criança nas relações de consumo”. Este último é muito mais específico do que falar em “direito do consumidor”.

Delimitação: estabelecer os limites da ação da pesquisa. Estabelecer o “recorte” da pesquisa,  o que entra e o que não entra, a área de atuação.

Exemplo quase bom: “Violência policial nas delegacias”. Este tema deixa claro o tipo de violência, por quem é cometido, e onde é cometido. No entanto, não sabemos onde estão as tais delegacias. Então poderíamos filtrar ainda mais para “Violência policial nas delegacias do Distrito Federal”. Ainda assim não está suficientemente bom. Falta estabelecer o espaço de tempo. Então, finalmente, a pesquisa, se esse fosse o objetivo, deveria ficar com o seguinte título, com ordem de abrangência, do mais geral para o mais específico:

  1. VIOLÊNCIA (tema)
  2. POLICIAL (tipo)
  3. nas DELEGACIAS (local)
  4. do DISTRITO FEDERAL (região)
  5. No período de 2000 a 2005. (período de tempo)

É aqui que começa o problema mais sério: o excesso de delimitação leva ao problema de bibliografias disponíveis sobre aquele assunto em particular. Tente, por exemplo, achar, lá na Biblioteca do CEUB, um livro ou qualquer outro tipo de publicação que trate exatamente de violência policial nas delegacias do DF no período citado.

Atenção para a questão da PRODUÇÃO do conhecimento X REPRODUÇÃO do conhecimento: por quê? Como dito, se pesquisarmos o assunto acima, que está tão delimitado, em qualquer lugar dificilmente acharemos um único livrinho a respeito pois o assunto não está devidamente pesquisado. Aquele que tiver sucesso em fazer os devidos levantamentos sobre a violência nas delegacias do DF em 2000 a 2005 terá PRODUZIDO o conhecimento a esse respeito, e não apenas o reproduzido. E como fazer essa produção? Como não se pode recorrer à bibliografia provável, deve-se ir a campo. Procure na Corregedoria de Polícia do DF, na Secretaria de Segurança Pública, no Instituto Médico Legal, Ministério Público da União; você pode até mesmo tentar a sorte na própria delegacia (pergunte ao agente quantos elementos eles torturam semanalmente, colha seu depoimento, pergunte sobre os procedimentos e se há muita gritaria.) Como pode ver, os dados a respeito desse conhecimento já existem, mas não estão devidamente catalogados, sistematizados, classificados, organizados e muito menos interpretados. Essa será justamente a função do pesquisador. Depois disso, a pesquisa é redigida e publicada, e então um exemplar da publicação será posto na prateleira da mesma biblioteca que você outrora pesquisou sobre o assunto. Ou seja, você genuinamente produziu o conhecimento!

Note que, como no caso da obtenção de informações sobre a tortura na própria delegacia, alguns assuntos são de dificílimo levantamento, e talvez seja por isso que não há muitas - ou  nenhuma - produção sobre o assunto.

Definido o tema, devemos listas as principais questões que queremos abordar. No caso da violência policial:

Tortura dentro da delegacia: que se subdivide em: instrumentos usados, formar de coerção, quem tortura, em que sala o fazem, as conseqüências da tortura e suas finalidades.

Fica, portanto, com o esquema abaixo:

esquema sobre tortura